Legumes sem Sal

cursos logotipo transparente kayoko takeda - Legumes sem Sal
IMG 1550 1024x768 - Legumes sem Sal

Alimentos fermentados naturalmente são aliados da digestão

iStock
O resgate da culinária ancestral está na moda. Entre muitas maneiras de voltar ao passado na cozinha, está o consumo dos alimentos fermentados. “Eles são produtos obtidos por meio da ação de micro-organismos que utilizam substratos do alimento e produzem gás carbônico e álcool em alguns casos”, explica Ana Vládia Bandeira Moreira, nutricionista e docente da UFJF (Universidade Federal de Juiz de Fora).
O resultado são produtos mais resistentes ao tempo, o que era muito útil quando não existia geladeira e outras formas de conservação. “Essa é uma maneira que pode ser usada para consumir um determinado tipo de alimento o ano inteiro”, comenta Eloize Cruz, professora de gastronomia da PUCPR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná).
Com o passar dos anos e o avanço da medicina, alguns estudos deram conta de que esses alimentos apresentam benefícios para a saúde. “A fermentação de leite, por exemplo, leva a produção de bebidas ricas em ácidos orgânicos e lactobacilos importantes para a saúde por auxiliar na digestão e ter ação probiótica, ou seja, reguladora da flora intestinal complementa a nutricionista.
Isso acontece porque o órgão apresenta uma série de bactérias e fungos que vivem em equilíbrio. Os alimentos fermentados atuam como probióticos, que ajudam nessa formação.
“Essas bactérias benéficas ajudam na digestão dos alimentos, principalmente açúcares, farinhas, verduras e carnes, que são de difícil digestão”, esclarece Alexandre Sakano, cirurgião gástrico da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo.

Confira os benefícios dos alimentos fermentados mais populares:

Missô :

Velho conhecido dos japoneses, o missô é um dos produtos à base de soja. Fermentados desse tipo apresentam uma concentração importante de isoflavonas. Elas aliviam os sintomas da menopausa, atenuam a TPM e combatem o colesterol; Leites fermentados: fácil de encontrar na prateleira do supermercado, são ricos em lactobacilos. Essas bactérias do bem auxiliam na regulação da flora intestinal;

Leites fermentados:

Fácil de encontrar na prateleira do supermercado, são ricos em lactobacilos. Essas bactérias do bem auxiliam na regulação da flora intestinal;

Conservas:

Picles e chucrute, fermentados de pepino e repolho, fazem bem para a cabeça. Rico em fitoquímicos antioxidantes, eles auxiliam no combate ao estresse. A nutricionista faz um alerta: cuidado com o excesso de sódio que esses alimentos podem ter (variando conforme ele foi feito);

Levain:

Fermento natural formado por uma colônia de bactérias benéficas que será o agente de fermentação.

FONTE: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2019/09/17/alimentos-fermentados-naturalmente-sao-aliados-da-digestao.htm

Deixe um comentário

Leia outros artigos